CIDADE DE MOEMA - PRIMEIRA SESMARIA

ONDE ERA A FAZENDA DO PRIMEIRO SESMEIRO DE MOEMA?

Tendo como base os dados do Termo de Demarcação da Sesmaria de Antônio Rodrigues da Rocha (pags. 155 a 158 do Livro), analisamos um mapa de Moema e concluímos que o Pião de Sesmaria teria sido fincado em algum lugar a sul da Lagoa Grande para as bandas do Alto da Botica.

Os mapas comuns têm mínimos erros de escala que podem inutilizar qualquer cálculo. Assim, utilizando fotografias aéreas da CEMIG pudemos dar mais precisão à tese. Chamou-nos a atenção uma clareira meio triangular na região do Alto da Botica, onde, coincidentemente nos conduziram os cálculos e as projeções nas bases estabelecidas acima.

Estivemos um pouco abaixo do local, onde localizamos apenas uma antiga caieira abandonada, cuja idade, no entanto, não pudemos avaliar. Não é feita com tijolos e sim de pedras com adobes que estão completamente petrificados. Esta caieira pode ter fornecido muita cal para a construção e pintura das casas dos nossos pioneiros.

Ampliamos mais a fotografia aérea da CEMIG e constatamos linhas retas formando parte de um retângulo e, dentro dele, além da clareira triangular, inúmeras outras figuras geométricas que lembram as formas de casas ou construções desmoronadas.

Este lugar, segundo pessoas do local, chama-se, atualmente, Mata dos Buracos. Munidos de bússola, durante três dias, vistoriamos o local. Constatamos que a demarcação do terreno se faz por rasa vala, confirmando mesmo a trilha de terra batida EM LINHA RETA, no meio do mato fechado.

 

Constatamos também que as figuras geométricas dentro do retângulo são de duas espécies. Umas são monturos de terra, com sinais de formigueiros antigos que, realmente, podem estar cobrindo os escombros de alguma coisa. Outras são buracos, também com formas geométricas. Seguramente não são valetas. Seriam porões de antigas casas de fazenda desmoronadas, hoje entupidos pelos próprios escombros recobertos por terra acumulada nos últimos 230 anos?

Evidente que isto é só uma especulação.

No entanto, vá lá no local e veja...

Clique aqui para voltar para a página central